Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-frutas

11/05/2012

Caatinga assina convênio para construção de 530 fogões ecológicos

publicado por

Tecnologia vai possibilitar a preservação do meio ambiente com a economia de lenha

 

 

Fogão Ecológico Foto: Ascom Prefeitura de Russas (CE)

Na manhã desta quinta-feira (10), o Caatinga representado pelos Coordenadores Giovanne Xenofonte e Paulo Pedro de Carvalho, assinou o convênio para a construção de 530 fogões ecológicos em seis municípios do Território da Cidadania do Sertão do Araripe Pernambucano e em quatro municípios do Território da Cidadania do Vale das Guaribas no Piauí.

O projeto Fogões à lenha mais eficientes na Mesorregião do Araripe será apoiado pela Política Interna do Fundo Socioambiental CAIXA, fruto de uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente, por intermédio da Secretaria Executiva, do Fundo Nacional do Meio Ambiente – FNMA e do Departamento de Fomento ao Desenvolvimento Sustentável.

Para a construção desta tecnologia será utilizada uma metodologia participativa num processo de capacitação das comunidades beneficiárias e dos pedreiros (mestres fogãozeiros). “Além da construção dos fogões, serão feitas capacitações com famílias agricultoras sobre o bioma caatinga, manejo sustentável e combate a desertificação, também serão formados mestres ‘fogãozeiros’ que construirão as tecnologias nas comunidades”, ratifica Giovanne Xenofonte.

 

Fogões ecológicos

Os fogões ecológicos são tecnologias que permitem a substituição do tipo de lenha consumida. Eles operam com gravetos de lenha, que são os galhos finos das árvores e podem ser colhidos através da poda, sem haver necessidade de derrubada através do corte raso.

Com a construção desta tecnologia, além da preservação do meio ambiente, a inalação de fumaça será reduzida a quase zero, melhorando a saúde e evitando as doenças respiratórias, pois os fogões possuem uma chaminé externa, permanente, que não estraga com facilidade, levando a fumaça para fora da cozinha.