Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-mudas

28/11/2012

Caatinga entrega primeiros Fogões Geoagroecológicos no Araripe

publicado por

 

 Exu é o primeiro município a receber a tecnologia que será implantada em Pernambuco e no Piauí

Nesta quinta-feira, 29, as comunidades da Serra dos Paus Dóias e Assentamento Serra da Nova Vida, ambas localizadas no município de Exu-PE, serão as primeiras a receber a tecnologia dos fogões geoagroecológicos. A tecnologia que está sendo implantada pela Ong Caatinga objetiva reduzir a quantidade de lenha utilizada nas residências rurais promovendo a preservação do bioma caatinga, bem como a diminuição da inalação de fumaça a praticamente zero, melhorando a saúde e evitando as doenças respiratórias das famílias agricultoras.

A construção dos fogões está sendo feita através do projeto Fogões do Araripe- Eficiência Energética na Propriedade Familiar, que conta com o apoio da Política Interna do Fundo Socioambiental CAIXA, fruto de uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente, por intermédio da Secretaria Executiva, do Fundo Nacional do Meio Ambiente – FNMA e do Departamento de Fomento ao Desenvolvimento Sustentável.

Serão 550 tecnologias implantadas nas regiões do Araripe pernambucano e Território da Cidadania do Vale das Guaribas no Piauí, beneficiando agricultores/as de 10 municípios e 59 comunidades. Além disso, o projeto está capacitando agricultores/as destas comunidades para trabalharem como mestres fogãozeiros, construindo as tecnologias nessas localidades.

Fogões Geoagroecológicos

Os fogões geoagroecológicos também chamados de fogões eficientes não apenas reduzem o nível de desmatamento como também diminuem, em média, 40% da lenha consumida. Eles permitem ainda, a substituição do tipo de lenha consumida, pois operam com gravetos de lenha, que são os galhos finos das árvores que podem ser colhidos através da poda, sem haver necessidade de derrubada de árvores.

Neste contexto, as mulheres, principalmente, terão um trabalho menos desgastante, pois não precisarão cortar e transportar lenha grossa. As distâncias percorridas serão menores, pois gravetos geralmente estão mais perto de casa.