Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-frutas

23/10/2013

Caravana agroecológica visita território disputado pelo agronegócio

publicado por

A região está em disputa pelo agronegócio, que pretende expulsar famílias de suas terras para implantação de um perímetro irrigado

Por Catarina de Angola e Gleiceani Nogueira – Asacom

logo-final

Representantes de comunidades tradicionais, agricultores/as, pesquisadores e lideranças dos movimentos sociais do campo e organizações e redes da sociedade civil do Nordeste e de outras regiões do Brasil participarão da Caravana Agroecológica e Cultural da Chapada do Apodi, entre os dias 23 e 26 de outubro.

O objetivo é promover o intercambio de experiências da agricultura familiar de base agroecológica da Chapada do Apodi, que abrange os estados do Rio Grande do Norte e Ceará. A Caravana é também um momento de preparação ao III Encontro Nacional de Agroecologia (ENA), previsto para acontecer em maio de 2014, na Bahia.

A atividade também denunciará a ameaça que as famílias vêm sofrendo com o avanço do agronegócio na região. O projeto Perímetro Irrigado da Chapada do Apodi do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), chamado pela população de “Projeto da Morte”, irá desapropriar mais de 13 mil hectares de terras, onde vivem e produzem 800 famílias, para que cinco empresas produzam frutas para exportação.

“A Caravana de Apodi será um momento muito rico para pautar na sociedade a importância da agroecologia e para dizer que o mundo que queremos é o mundo onde homens e mulheres sejam livres para viver e plantar no campo respeitando a natureza e os valores humanos”, pontua a militante da Marcha Mundial das Mulheres, que compõe a organização do encontro, Conceição Dantas.

A caravana será dividida em quatro rotas, que serão realizadas nos dias 24 e 25, envolvendo os municípios de Açu, Olho D’Água do Borges, Campo Grande, Tibau, Grossos e Mossoró, no Rio Grande do Norte, a experiência da Rede Xique-Xique e o município de Limoeiro do Norte, no Ceará. Nestas duas últimas, os participantes terão a oportunidade de ver o impacto causado pelo perímetro irrigado Jaguaribe-Apodi do DNOCS no meio ambiente e na vida das comunidades desapropriadas de suas terras. Entre eles, a contaminação das águas e dos trabalhadores pelo alto índice de agrotóxicos usados nas lavouras.

No dia 26 de outubro, um ato público, com estimativa de 2.000 pessoas, sairá da feira livre da cidade de Apodi em solidariedade às famílias que estão acampadas na Chapada em resistência ao projeto do DNOCS. “Para nós, essa caravana vem contribuir muito para troca de conhecimentos sobre a agricultura familiar e também dar força para nossas lutas, pelas nossas terras e pelo direito de viver e plantar nelas”, diz Francisca Antônia de Lima, agricultora do P.A Laje do Meio, um dos locais que será visitado.

A Caravana é uma realização da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), Articulação Semiárido Brasileiro (ASA),  Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi, Comissão Pastoral da Terra (CPT), Marcha Mundial das Mulheres (MMM), Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Central Única dos Trabalhadores (CUT), entre outras redes e organizações do Ceará e Rio Grande do Norte.

ENA – O III Encontro Nacional de Agroecologia será um momento de pautar a agroecologia como alternativa de vida e produção respeitando a terra e as pessoas que nela vivem e de visibilizar experiências desenvolvidas por comunidades, associações e fóruns de todo o Brasil. Em preparação ao ENA estão acontecendo diversas caravanas em todo o país, também como momentos de formação.

Programação

23/10

Abertura em Mossoró

Noite Cultural

 

24/10 – Rotas 1

Roteiro 01: Mossoró – Impanguaçu

Roteiro 02: Mossoró – Olho d’água dos Borges – Campo Grande

Roteiro 03: Mossoró – Tibau – Grossos – Mossoró (Rede Xique-Xique)

Roteiro 04: Mossoró – Limoeiro do Norte.

 

25/10 – Rotas 2

Rota 01: Carpina – Baixa Fechada – Barragem de Santa Cruz

ROTA 02: PA Milagres – PA Lage do Meio

ROTA 03: PA Moacir Lucena – Agrovila Palmares – Lajedo de Soledade.

ROTA 04: PA Sítio do Góis – PA Tabuleiro Grande

 

26/10

Ato púbico em defesa da CHAPADA DO APODI