Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-cabras

30/11/2012

Famílias agricultoras de Exu recebem com alegria a tecnologia dos fogões geoagroecológicos

publicado por

Família Lermén, mestres fogãozeiros e capacitadores da Agendha comemoram entrega do primeiro fogão

Diretamente envolvidas no processo de construção dos fogões geoagroecológicos, as famílias de Silvanete Lérmen da Serra dos Paus Dóias e a de Antonia Aparecida de Souza do Assentamento Serra da Nova Vida, ambas localizadas no município de Exu, receberam nesta quinta-feira, 29, a tecnologia que é novidade na região.

“Eu acho que esse fogão foi uma benção para gente. Só de a pessoa não está desmatando pra fazer carvão, invés disso vai aproveitando uma lenha seca pra não destruir a natureza. E esse fogão é muito importante porque sou alérgica a poeira do carvão e com ele não vou mais mexer com isso”, afirma a agricultora Antonia Aparecida de Souza.

Na ocasião, foram entregues os dois primeiros fogões que são resultados da capacitação dos primeiros “mestres fogãozeiros” do Araripe pernambucano. A iniciativa é da Ong Caatinga com o apoio da Agendha, organização que já trabalha há anos com a construção da tecnologia e do Fundo Caixa, Fundo Nacional do meio Ambiente e Ministério do Meio Ambiente.

Os fogões levam uma média de dois dias para serem construídos e são feitos basicamente à base de tijolo e barro. A tecnologia possibilita ainda, a diminuição no uso de lenha em virtude da utilização de gravetos, bem como a redução na  emissão de fumaça.