Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-cisternas

26/11/2012

Mostra de Fotografia: Mulheres em Ação chega ao Brasil

publicado por

O Brasil é o segundo país da América Latina a receber a exposição itinerante

 

Por Emanuela Castro – Assessoria de Imprensa do Convênio Populares y Diversas no Brasil

 

De 27 a 29 de novembro, imagens que pertencem a mulheres populares e diversas de organizações do Brasil, Equador, Colômbia e Peru estarão reunidas em exposição fotográfica Mulheres em Ação. São fotografias de mulheres, tiradas por outras mulheres, e que refletem sua vida cotidiana, seu trabalho, sua militância e seus sonhos. A exposição itinerante acontece com o II Seminário Internacional Repúblicas e Violência: Um olhar das Mulheres, realizado pela Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco, no térreo da Faculdade Integrada Barros Melo (AESO), em Olinda.

Mulheres em Ação é uma pequena amostra do trabalho invisível e constante que realizam as mulheres populares. Porque elas fazem mais do que falam, constroem mais do que se reconhece e lideram processos de transformação mesmo quando não são valorizadas. “A exposição vêm em um momento simbólico para o Brasil, em que estamos comemorando os 80 anos do voto feminino no Brasil e os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as mulheres. Com este trabalho conseguimos fazer uma amostragem latino americana para que as mulheres no Brasil se vejam nas fotografias da luta por direitos nos quatro países envolvidos no Convênio”, disse Silvia Cordeiro, coordenadora geral do Centro das Mulheres do Cabo.
Para o Convênio Formação e Empoderamento de mulheres populares e diversas para a Construção de Novas Cidadanias na Colômbia, Peru, Equador e Brasil, fazer visível as mulheres, a partir de suas próprias ações, é um pequeno passo para acabar com as injustiças cometidas contra elas. Por isso, esta Amostra Fotográfica Itinerante, é umatentativa de evidenciar estas realidades ocultas e de nos aproximarmos um pouco mais de todas as mulheres que, em algum lugar, seguem lutando, criando e sonhando.

A mostra teve sua primeira edição no dia 15 de outubro em Quito, e depois do Brasil segue para Colômbia e Peru. O evento é realizado pelo Centro das Mulheres do Cabo, Casa da Mulher do Nordeste e o Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste que fazem parte do Convênio “Formação e Empoderamento de Mulheres Populares e Diversas para a Construção de Novas cidadanias em Colômbia, Peru, Equador e Brasil”, promovido por Intermón Oxfam com o apoio da AECID.