Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-frutas

26/10/2011

Ouricuri é primeira cidade pernambucana a sediar a formação de técnicos/as para o Plano Brasil sem Miséria

publicado por

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelaram que 16.267.197 brasileiros estão abaixo da linha de pobreza, e vivem com renda per capta mensal de até R$ 70. Destas, 9,61 milhões de pessoas reside na região nordeste, sendo mais de 50% nas zonas rurais. Pensando em mudar esta realidade, o governo federal está implementando o Plano Brasil Sem Miséria cujo objetivo é elevar a renda e as condições de bem-estar da população.

Para tanto técnicos/as de todo o país estão sendo formados para identificar e apoiar essas famílias. Neste sentido, a cidade de Ouricuri-PE está sediando a primeira capacitação do Plano no estado de Pernambuco, na qual estão sendo formados uma média de 50 técnicos/as que atuarão no projeto através das ONGs Caatinga e Chapada.

A formação que teve início nesta segunda-feira (24) no auditório do Caatinga em Ouricuri, segue até o próximo sábado (29), e conta com a presença das representantes do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Luciana Mendes e Simone Gueresi. “Este plano pretende melhorar as condições de vida dessas pessoas que não tem acesso aos serviços públicos por morar longe ou por desconhecer essas políticas.

A expectativa é realmente melhorar a qualidade de vida destas pessoas e fazer com que o Brasil se torne um país mais justo e com menos desigualdades”, salienta a representante do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Luciana Mendes.

A idéia é mudar a realidade dos cerca de 11,7% de pernambucanos que segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) vivem em situação de extrema pobreza. Nos dez municípios que compõem o Território Sertão do Araripe, o Plano Brasil sem Miséria vai atuar no fomento ao acesso dos agricultores/as ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) com o auxilio da assistência técnica individualizada e continuada de 2.160 famílias.

De acordo com a representante do MDA, Simone Guaresi, as parcerias são imprescindíveis para o desenvolvimento dos trabalhos.“Não é fácil superar as situações de pobreza extrema, mas estamos contentes com o que já vimos na capacitação, pois temos certeza que os técnicos vão desenvolver um bom trabalho. Entretanto, precisamos da parceria dos governos estaduais, prefeituras e organizações da sociedade civil. O nosso desejo é somar esforços para enfrentar esse desafio”, avalia.

Plano Brasil sem Miséria

De acordo com informações disponíveis no site do governo federal o Plano Brasil Sem Miséria agrega transferência de renda, acesso a serviços públicos, nas áreas de educação, saúde, assistência social, saneamento e energia elétrica, e inclusão produtiva. A iniciativa envolve a criação de novos programas e a ampliação de iniciativas já existentes, em parceria com estados, municípios, empresas públicas e privadas e organizações da sociedade civil. A meta do Governo Federal é incluir a população mais pobre nas oportunidades geradas pelo significativo crescimento econômico brasileiro.

Elka Macedo
26/10/2011


DoDesign-s Design & Marketing
ActionAidBrasil Sem MiseriaProRuralGoverno de Pernambuco
HSBC SolidariedadeUnião EuropéiaGEFFIDADom Helder Camara
PetrobrasMDS e MDABrasil - Governo Federal
P1+2CaixaFNMAMMABrasil - Governo Federal
ASAANAGente da TerraRESAB
Centro SabiáDiaconiaAbong