Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-cisternas

14/11/2012

Plano de convivência com o Semiárido é apresentado ao Comitê Integrado

publicado por

Por Daniel Ferreira – comunicador do Cecor

 

Nesta quarta-feira (14), a Articulação do Semiárido pernambucano (ASA/PE), Setor Social da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e Secretaria Executiva da Agricultura Familiar apresentam o documento base para a construção de Política Estadual de Convivência no Semiárido no Comitê Integrado de Enfrentamento a Estiagem.  A reunião acontece na sede do escritório do IPA, em Recife.

A ideia é que o documento sirva de referência para construção uma política estadual de convivência com o Semiárido com ações estruturadoras e também emergenciais. O plano foi formatado em dois eixos importantes, um com ações emergenciais para o atual momento de estiagem e outro com linhas de ações estruturadoras de abastecimento e armazenamento d’água para consumo e para produção. A proposta apresenta ainda iniciativas e ramais para que a água chegue em diversas comunidades e vilarejos do Estado.

As experiências dos agricultores familiares têm sido ao longo dos anos referência na inovação de ações de convivência com o Semiárido. São tecnologias simples, de domínio publico e que aproveitam as potencialidades da região, tais como: cisternas de placas, cisternas-calçadão, barragens subterrâneas, tanques de pedra, cacimbas ou poços rasos, poços amazonas, barreiros, pequenos açudes e barragens sucessivas. Essas ações hoje têm sido ampliadas, fruto do diálogo e da relação de parceria entre Estado e a Articulação do Semiárido pernambucano.