Email Caatinga via RSS Caatinga no Twitter Caatinga no Facebook

caatinga-ong-mudas

24/02/2012

Redução da pobreza rural é objetivo de projeto realizado em parceria pelo Caatinga e Centro Sabiá

publicado por

O Projeto com apoio da UE incentivará o protagonismo dos agricultores/as e suas organizações

Contribuir para a redução da pobreza rural e ampliar a garantia de direitos e da participação cidadã da população do Semiárido, especialmente na incidência e no controle social das políticas públicas é o objetivo do projeto Cidadania Ambiental: O direito a meios de vida sustentáveis no Semiárido brasileiro, que começa a ser realizado neste mês pelas organizações Caatinga e Centro Sabiá, com apoio da União Européia.

“É um projeto a ser realizado por duas organizações que tem experimentos bem diversos e que acabam aprendendo uma com a outra. E eu acho que a união dessas capacidades também ajudou na aprovação do projeto”, pontua Giovanne Xenofonte, coordenador do Programa de Desenvolvimento Institucional e Inovação do Caatinga.

O projeto será realizado junto à famílias e a grupos de agricultores e agricultoras do Sertão de Pernambuco, nos territórios do Pajeú e Araripe. E tem como base o objetivo de fortalecer a capacidade de exigibilidade dos Direitos Humanos, Econômicos, Sociais e Ambientais (DHESCAs), promovendo a sustentabilidade de meios de vida e ao protagonismo das mulheres. “Observamos que as mulheres são a população que tem os direitos mais negados no Semiárido e por isso o projeto vem na perspectiva de contribuir com essas mulheres para a conquista de seus direitos”, explica Giovanne.

O projeto será realizado no período de dois anos e meio e busca fortalecer ações de atuação coletiva, como associações e grupos, que são espaços de controle social. Com a proposta de ter nos municípios de atuação uma sociedade civil mais consciente e ais articulada na luta por direitos. “É um projeto que também traz a ações de implantação de tecnologias, mas que tem em sua base a mobilização social para a redução da pobreza rural”, finaliza Giovanne.

 

Texto: Catarina De Angola – Comunicadora do Centro Sabiá


DoDesign-s Design & Marketing
ActionAidBrasil Sem MiseriaProRuralGoverno de Pernambuco
HSBC SolidariedadeUnião EuropéiaGEFFIDADom Helder Camara
PetrobrasMDS e MDABrasil - Governo Federal
P1+2CaixaFNMAMMABrasil - Governo Federal
ASAANAGente da TerraRESAB
Centro SabiáDiaconiaAbong